terça-feira, 19 de junho de 2012

Novidade para tratamento da Hiperidrose - miraDRY




O miraDRY é um aparelho lançado há poucos meses nos Estados Unidos e serve, por enquanto, APENAS para tratar hiperidrose axilar.

Ainda vai demorar um bom tempo para chegar ao Brasil e ainda por cima o tratamento é caro, mas parece super interessante  e eficaz!




Segundo o fabricante, estudos mostram que 90% dos pacientes obtém algum tipo de redução do suor axilar e a média de redução do suor é de 82%. - Parece bom, né?

E como funciona esse tratamento?

O miraDRY lança energia eletromagnética diretamente nas axilas de forma precisa e controlada, para que essa energia atinja e destrua  as glândulas sudoríparas através do precesso de termólise (decomposição pelo calor). Enquanto isso as partes superficiais da pele são tratadas e resfriadas.


 

O processo é realizado com anestesia local (injeção de lidocaína).

Após o tratamento o paciente sente alguns incômodos por uns dias, é preciso fazer  compressas com gelo e tomar medicação para dor. Pode haver inchaços e dormência na região por um curto período.

Recomenda-se realizar o procedimento pelo menos duas vezes para assim atingir os efeitos desejáveis.

Segundo a Miramar Labs (fabricante do miraDRY), estudos mostram que a sudorese compensatória não aparece como motivo de preocupação.

Custo médio de cada aplicação: 3 mil dólares. :(

Em resumo, é isso! Cada novo tratamento é um avanço, é mais um passo em direção à cura total e abre mais o leque de opções. Já li muitos depoimentos de americanos super satisfeitos com o miraDRY. Vi também muitas fotos do pós-tratamento e algumas pessoas ficam com as axilas super inchadas e sofrem um pouco até se recuperaren totalmente do procedimento, mas parece que vale à pena!

Qualquer novidade sobre o miraDRY no Brasil, postarei aqui no blog!

Beijocas!

Isabel
Contato: isabel.borges@globo.com

0 comentários:

Postar um comentário